Revisitando o passado

Numa manhã, depois de cumprir algumas tarefas no centro da cidade, eu decidi desviar o caminho para revisitar dois lugares do meu passado. A primeira parada foi na minha escola do Ensino Médio, onde há quinze anos atrás eu estudei e passei um dos melhores períodos da minha vida. Lá eu me descobri como pessoa, conheci professores incríveis, aprendi muito, tracei planos e metas de vida, fiz amigos que mantenho até hoje (as melhores inclusive) e até vive um romance que vivo até hoje (lá conheci o meu marido, que no inicio era só um amigo, mas no final do ensino médio já tínhamos o status de namoro 'sério, e estamos juntos até hoje). 
Fiquei observando a turma na hora do intervalo e meus olhos se encheram de lágrimas por recordar momentos tão bons que ali eu vivi. Não cheguei a entrar, mas olhando por fora algumas coisas mudaram...a cor do prédio, algumas novas grades cercando ainda mais o espaço, um jardim mal cuidado, pichações pelas paredes...não sei se é equivocada a impressão mas na minha época a escola parecia ser mais bonita, melhor cuidada. Fiquei com um pouco de dó de ver a escola assim, mas certamente por dentro devem  ter ocorrido muitas outras mudanças e (espero) melhorias também.
Ai, aproveitando a nostalgia, fui até um outro endereço, uma instituição em que estudei por apenas três meses, mas que mudou a minha vida completamente. Para entrar lá você fazia uma provinha e analisavam também a situação sócio-econômica da família. Se tirasse um boa nota na prova e tivesse essa avaliação social satisfatória, era admitido neste Instituto para aprender coisas como datilografia (gente! parecesse jurássico isso, mas eu fiz), panificação, administração, comportamento no trabalho, etc) e em seguida ser introduzido no mercado de trabalho, um projeto da cidade chamado Jovem Aprendiz. E foi assim que eu comecei minha carreira, e claro que meus olhos lacrimejaram de novo por saber que partindo dali eu cheguei à multinacional onde trabalho hoje. Foi emocionante também...O Instituto mudou muito também, mas para melhor. Novos prédios e estruturas, o lugar parecia até maior, com mais salas, espaço de atividades. Com certeza ali ouve uma evolução e fiquei feliz em saber que o projeto continua firme e forte.
Revisitar estes lugares só me deu alegrias. Apesar de nem todos os dias serem gloriosos, percebo que registrei apenas as boas lembranças, um saudosismo positivo.
Revistar o passado pode ser uma oportunidade de reencontrar pessoas (e não estou falando de somente acha-las no Facebook), de reviver situações, de olhar com outros olhos lugares em que viveu, estudou, trabalhou e notar algo diferente, ou mesmo, perceber que nada mudou, e seguir em frente. Alguns não gostam nem de comentar do passado, por experiências ruins ou sofridas que tiveram, mas tenho certeza que dentre os anos que se passaram, ninguém deixa de se emocionar ao revisitar ago que marcou sua vida mesmo que não tenha sido uma lembrança cheia de afeto como estas minhas, mas ainda assim reviver é bom, faz a gente ver de onde veio, e tudo o que já superou. Viver o presente ganha até outro significado. 

Ah, e o poster lindo é de uma seleção com o tema Saudades, da Revista Sorria, que você encontra aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...