1 ano inteiro sem comprar roupa! Mês 8- E o fim do desafio


Uma grande aventura começa, e com ela, vem também algumas mudanças no meu corpo que só começam a dar sinais agora, no quarto mês da minha gestação. Inevitavelmente, o projeto 1 ano inteiro semcomprar roupa! vai ter que ser interrompido, já que semana a semana percebo minhas medidas mudarem e o crescimento do bebê vai dar uma grande acelerada neste segundo trimestre,  o que fará com que a intenção de não comprar peças de roupas novas  neste não seja mais uma possibilidade. A maioria das peças me servem ainda, mas com um certo desconforto em algumas calças que já tratei de separar. Com isto, consegui cumprir o que planejei no mês 7 e fiz a ‘limpa’ no meu guarda-roupa.
Joguei tuuuuudo para fora, e comecei a reorganizar com o critério de ‘me serve, fica’, ‘não serve e nem servirá, será guardado’. Feito isto, a maioria das calças jeans, blusinhas, roupas de festa e outras peças mais justinhas criaram uma grande pilha de roupas com cerca de 70% do meu armário. Deixei tudo na cama, fui até o centro e comprei aqueles sacos de armazenamento a vácuo. A pilha de roupas foi bem reduzida e consegui guardá-las de novo no guarda-roupa, desta vez, ocupando muito menos espaço (super recomendo, muito útil).
Ao ver o armário um tanto vazio, finalmente tive aquela sensação boa de limpeza, organização e de mais espaço que eu tanto queria e precisava.  
E como todo bom final de um desafio, achei interessante fazer um balanço da experiência até a data. Verifiquei minhas despesas do ano passado (sim! Eu tenho tudo anotadinho, mês a mês) e na categoria vestuário, de Janeiro a Agosto, eu tinha gasto cerca de R$ 3 mil reais em roupas e sapatos, sem incluir o valor gasto em roupas na viagem aos USA que aconteceu só no fim do ano. Em 2015 para o mesmo período, foram cerca de R$600 incluindo consertos e ajustes que fiz em peças para reutilizá-las, uma redução de 80%!!! Estou muito orgulhosa e feliz com este resultado. Além da economia em dinheiro, este desafio me deu a oportunidade de organizar minhas finanças, de reduzir meu consumo, reaproveitar muita coisa (consertando-as, encontrando novos usos), de ajudar uma instituição com as peças em bom estado doadas, de realizar atividades diferentes como conhecer um novo restaurante ou frequentar algumas aulas de drenagem linfática (algo que eu queria fazer sempre, mas o objetivo ainda é economizar!) ou seja, a aventura, o autodesafio me trouxe um saldo muito positivo. Recomendo. ;)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...