1 ano inteiro sem comprar roupa! Mês 5- Friozinho, costuras e lojinha no Enjoei


O friozinho chegou por aqui, e com ele a necessidade de tirar lá do fundo do armário peças que eu nem me lembrava mais que tinha, de blusas a gorros, tudo estava com cheirinho de guardado e tive que lavar e perfumar quase tudo.
Notei que um grande espaço do meu guarda-roupa esta tomado pelo volume das roupas de inverno. Não tenho tantas assim, mas casacos e blusões tomam um espaço muito grande se comparado as roupas levinhas da estação contrária. O pior é que não esta um frio absurdo, só aquele friozinho meia estação, daí estou repetindo muito as peças que uso porque não tenho um armário preparado para tantas variações de tempo assim. Bota só tenho duas, uma para o trabalho e outra para lazer. E do trabalho já esta andando sozinha...rsrs.
Uma atividade que eu não fazia há tempos e que meu desafio me obrigou a retomar foi a costura. Não que pregar alguns botões e remendar um buraquinho possam ser considerados ‘costura’ mas linhas e agulhas tiveram vez este mês. Além dessa nostálgica atividade, lendo os blogs e matérias sobre pessoas que como eu decidiram não mais comprar roupas, descobri alguns sites, grupos e bazares online que promovem a troca, venda e doação de peças. De verdade, eu já doei muita coisa, começando lá em casa com minhas irmãs e mãe, que sempre que tenho uma peça boa que não vou usar mais ofereço a uma delas, e se elas não querem, eu mando para doação em uma igreja ou instituição. Sempre fiz isto porque sei que tem muita gente precisando de um bom par de sapatos, de agasalhos, mas tem certos tipos de roupas que não considero apropriadas doar, como vestidos finos, sapatos com saltos, bolsas e acessórios diferentões. Aí com eles, eu precisava de alguma alternativa. Depois de pesquisar um pouco resolvi participar da turma do Enjoei. Cheguei a me cadastrar e tudo, fazer o upload de um item, e enquanto ele estava sendo analisado pelos editores do site como um item ok ou não para venda, eu resolvi pesquisar um pouco sobre a ferramenta e estou um pouco com pé atrás porque li muitas avaliações negativas no Reclame aqui e outras mais comentando sobre a burocracia para receber o seu dinheiro da venda, ai desanimei. Vou tentar outros meios antes de me lançar na venda online, mas se você se interessou pode conhecer o site do Enjoei clicando aqui.
E tem uma infinidade de outros lugares para compra e venda de peças usadas, Café Brechó, Brecho Online. Muitos deles eu encontrei pelo Busca Brechó.

ps: mês de Maio termina hoje e não comprei nada. Nadinha mesmo. \o/
ps2: esta foto eu tirei em uma viagem à Campos do Jordão, em 2012.

3 comentários:

  1. Nossa, que desafio! Não sou de comprar muito, pelo contrário, compro pouca roupa. Ainda assim não sei se resistiria um ano... Mas como não sou vc, vc vai conseguir! É difícil encontrar blogueiras de Brasília, pelo menos para mim. Adorei seu blog!
    Beijo
    Estela

    querendoserblogueira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ih! Passeei mais um pouquinho e acho que vc não é daqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs oi Estela, sou do interior de SP...mas que legal ter uma visita ai de Brasília...bjo e obrigada por comentar =)

      Excluir

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...