1 ano inteiro sem comprar roupa! Mês 3 • O maldito blazer branco que comprei•


O título já me entrega. Sim, eu comprei uma peça de roupa. Me sinto bem? Não. To arrependida a ponto de ir lá devolver? Também não. 
Mês de março faço aniversário, e ganhei dentre outros presentinhos, um vestido que gostei bastante mas que era transparente, então decidi que eu iria troca-lo. Chegando na loja fui firme no meu objetivo de trocar por uma peça de igual ou menor valor e na saga de procurar entre centenas de roupas vi um bonito e atraente blazer branco. Mas e dai? Dai que estou ensaiando de comprar um blazer branco faz um tempo, assim, como uma daquelas peças que elegemos na nossa cabeça como 'tenho que ter', mas que lá no fundo sabemos que não passa de uma grande besteira, não vou morrer se não tiver, mas a gente cria uma ilusão bonita de que tudo vai combinar com aquilo. Rodei a loja inteira e nada parecia tão bonito,útil e legal quando o maldito blazer. Fiquei um tempão ali, com o anjinho e o diabinho nos ombros até que me decidi pela compra, e paguei a diferença pelo blazer, ou seja, eu comprei uma peça de roupa nova. 
E como neste blog não precisa mentiras, comprei também uma sapatilha bege e  um par de chinelos. O chinelo eu realmente precisava porque o único que eu tinha quebrou a correia (que estrategicamente a Havaianas não vende para você repor), e a sapatilha foi porque entrei em uma loja de sapatos que gosto (no mesmo dia do blazer) e fatidicamente encontrei algo que gostei, que sabia que iria usar bastante, e então comprei, logicamente já contaminada pelo raio do blazer branco.
Mas ok. Continuarei com o autodesafio porque ainda tenho muito a ganhar se continuar. E não, eu não precisava tanto do blazer branco como pensei, já se passou um tempo e só usei uma vez no mês. #shameonme 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...