365 oportunidades

Um novo ano começa amanhã, uma alteração no calendário que faz com que pessoas vistam branco, organizem festas, saiam as ruas e procurem o lugar mais alto que puderem para ver a meia-noite a queima de fogos, que significa que oficialmente, um novo ano chegou. Não tem como escapar, é tradição.
Ai quando eu era criança, lá pelos nove ou dez anos e descobri o que era e para que servia o horário de verão fiquei me perguntando se as pessoas realmente não sabiam que na verdade, 31 de dezembro a meia noite, era apenas 31 de dezembro onze da noite. Ou seja, comemorar a chegada do ano novo as onze da noite não fazia o menor sentido, o certo seria esperar até a 1h da madrugada, aí sim a gente podia se abraçar, estourar espumante e tudo mais. Mas então descobri a tal da Austrália,  e na tv a Fátima e o Bonner mostravam que lá o ano novo já tinha chegado horas antes, com grande queima de fogos e tudo, como assim?? Fiquei perdida, aquilo não fazia o menor sentido. Sério, isto bagunça a cabeça de qualquer criança, acaba com a ilusão da gente, mas sabem o que notei desde aquela descoberta dos nove anos até a presente data? É que continuamos todos iludidos. 
É dia 31 de dezembro e todos vamos vestir branco, nos reunir com amigos e família, comer e beber para festejar a chegada de um novo ano e um pouquinho antes da meia noite vamos ouvir os primeiros fogos de artifício estourarem, e é sempre assim, a queima dos fogos começa uns dez minutos antes, afinal, se a gente não liga para a diferença de 1 hora inteira, vai lá se importar com dez minutinhos de discordância entre um relógio e outro? Ai vamos nos abraçar, desejar feliz ano novo, fazer as mesmas promessas, pular sete ondinhas, comer romã, tomar champanhe, a tv ligada mostrando o Show da Virada, comentar dos ganhadores da Mega-Sena da Virada (e isto geralmente rende assunto por horas) e então, passa algum tempo uns começam a se despedir para ir embora, outros prometem ficar até o dia amanhecer...é realmente uma tradição, e eu faço parte dela, sem hipocrisia. Faço quase tudo isto que acabei de enumerar, com apenas uma exceção: as promessas. 
Para Einsten, o tempo é uma ilusão, relativo. Para mim, é ilógico ficar condicionado a medição do tempo puro e simplesmente  porque é o que todos fazem, quando na verdade, podemos escolher um novo ano para si mesmo. O meu, é no meu aniversário, porque sinto que para mim, é uma nova oportunidade, um momento de renovação. Para muitos, é hoje, 31 de dezembro, e ok, não tenho nada contra isto. Mas se desejamos mesmo fazer resoluções, promessas e planos de um novo começo, uma nova vida, por que isto não pode ser feito hoje, agora? Não na segunda, não no dia 01 de janeiro, não pode ser justo agora? Neste momento em que você esta querendo isto, desejando mudar...
Cada novo dia é uma possibilidade, pode ser clichê, eu sei, mas não precisa esperar 365 dias para sentir o desejo de mudanças, de realizar pequenos ou grandes planos, aliás, dizem que 92% destas promessas (estas, que muita gente vai fazer esta noite) não se cumprem mesmo. Então, não seria melhor a gente aproveitar as outras 365 oportunidades? 
Feliz novo dia de possibilidades para você! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...