Do futebol para a vida


Daqui 10, 20, 50 anos as pessoas vão se lembrar da data de hoje, 08 de julho de 2014, dia em que o Brasil levou uma goleada histórica na semifinal da Copa do Mundo, em casa, jogando no Mineirão contra a Alemanha. Estarei velhinha com cabelos brancos e vou contar para gente que ainda nem nasceu o dia em que o Brasil, o penta-campeão mundial precisou aprender uma lição muito importante que este esporte, o futebol, tem a ensinar: a humildade.
"Lição preciosa que o esporte me ensinou no cotidiano dos estádios é que o homem que ganha hoje é o mesmo que perde amanhã.''
 A frase é do cronista esportivo Armando Nogueira que li na Revista Vida Simples. Muitos outros ensinamentos podem ser aprendidos no futebol, mas hoje o país todo esta aprendendo a lidar com sentimentos que não são exclusividades do futebol, são da vida! Decepção, frustração, tristeza, vergonha pelo desempenho medíocre (justo quando todo mundo esta literalmente olhando...).
Não consegui assistir ao jogo. Assim que o Brasil tomou o quarto gol, sai da sala e fui fazer jardinagem. Simples. Não queria ser amargamente influenciada e sabia que por mais que torcesse, a recuperação, a virada, o ato heróico estava em outras mãos, neste caso, em outros pés. Depois do sexto gol o marido se juntou a mim, e ficamos aqui, em resignado silêncio, trabalhando juntos até finalmente o segundo tempo acabar e checarmos o resultado final: 7 x 1. 
Abri um site de notícias e vi esta imagem enorme, em proporções que eu nunca tinha visto antes, tomando quase a página do site quase toda. Me marcou. Me fez querer escrever sobre este dia que será lembrando como vergonhosamente histórico para sempre. É duro, sofrido, mas passa. E se pudermos aprender algo com isto, do futebol para a vida, esta derrota ainda nos servirá para alguma coisa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...