Um paradoxo viver


Pela manhã, felicidade, ao final do dia, tristeza. Chego a conclusão que é realmente um paradoxo viver.
Tive uma semana de trabalho incrível, terminando com um fim de semana inesquecível, de celebração do meu aniversário. Volto para o trabalho e logo cedo recebo uma noticia que iluminou meu dia, uma nova vida chegando, uma amiga que em breve terá um bebe que foi por anos muito desejado e esperado. Me sentia tão bem, tão animada e em paz que comecei a escrever sobre a semana ímpar que tive, entusiasmada, agitada, feliz até que...
O telefone tocou, na correria deixei cair na caixa postal, mas em seguida meu celular tocou também, a mesma pessoa, ligando insistentemente. Em poucos minutos recebo a notícia que um jovem amigo partiu, vítima da violência urbana, do descaso com a segurança pública, da injustiça que reina neste país. A reação que a gente tem é de negação, eu não conseguia acreditar no que estava ouvindo.
Toda a alegria, entusiasmo e sensação de felicidade passou, no lugar um sentimento de tristeza, de perplexidade e revolta.
Certa vez, em um link com um texto sobre casos de corrupção no Brasil, li um comentário de um conhecido que escreveu em letras garrafais ter nojo deste país. Fiquei extremamente incomodada com o uso de uma palavra tão negativa para classificar o lugar onde vivemos, o país que nascemos, mas quando você enfrenta a realidade, e se depara com a bruta realidade em que estamos inseridos (de corrupção, pobreza, violência, impunidade, alto custo de vida, carência de recursos básicos), a coisa não fica tão absurda assim.
Naquele dia fui para casa e conversei com o amigo em oração...ele tinha tantos planos, compartilhou comigo alguns deles e eu só podia lamentar por ele não ter tido tempo de realizá-los, e desejei que ele encontrasse a paz, seja onde estiver. 
A morte de certa forma nos faz viver. Vida de verdade, não do modo como temos vivido, no automático, com pressa, consumindo, ostentando, reclamando. Faz a gente pensar nas pessoas que realmente importam, nos projetos que valem a pena, nas coisas que queria realizar e que por um motivo ou outro ficam sendo procrastinadas. Faz você querer aproveitar, curtir, usar bem o seu tempo que não é infinito (muito pelo contrário não é mesmo?). Viva, ame, realize, aproveite da melhor forma que puder, e que não nos esqueçamos nunca do que é realmente importante: apreciar a vida.

                                                                         imagem do projeto 365 sorrisos da Revista Sorria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por deixar um comentário. É sempre bom ter interação por aqui ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...